CAMPOS DO JORDÃO – Conheça os pontos turísticos da cidade mais alta do Brasil

Campos do Jordão:

Campos do Jordão é a estância climática mais procurada por turistas que desejam passar o inverno na Serra da Mantiqueira em São Paulo.

A cidade está a 1600 metros de altitude, sendo o mais alto município brasileiro. É vizinha dos municípios de Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí.

O inverno é a época preferida entre os visitantes, mas Campos do Jordão é um destino procurado por turistas durante todo o ano.

O verão na cidade tem temperaturas mais suaves, propícias para passeios meio à natureza das montanhas cobertas de bosques de araucárias.

Os hotéis e pousadas em Campos do Jordão dispõem de excelente infraestrutura, em sua maioria, com acomodações requintadas e área comum repleta de opções de lazer, como piscina aquecida, sauna, banheiras de hidromassagem, parques ecológicos, esportes de ecoturismo e SPA.

Os bairros mais populares são Abernéssia, Jaguaribe e o Capivari, o coração da cidade, onde concentram-se as pousadas, bares e restaurantes.

Os restaurantes em Campos do Jordão agradam todos os tipos de paladar, já que se estendem por uma ampla cartela de sabores e preços.

A cidade tem eventos culturais como as apresentações musicais no palco montado pela Prefeitura de Campos do Jordão. As apresentações acontecem Na Praça do Capivari.

O Festival Internacional de Inverno tem apresentações de música clássica, realizadas em pontos estratégicos da cidade como o auditório Claudio Santoro.

Campos do Jordão conta também com diversas opções de ecoturismo, entre mirantes, cachoeiras e trilhas.

Destaque turístico de Campos do Jordão:

Amantikir:

Amantikir

Amantikir

O Amantikir é um parque com jardins temáticos inspirados em diferentes paisagismos de outros países como Japão e Canadá.

Um dos destaques de Amantikir é o labirinto criado a partir de arbustos, feito de grama, representa o caminho tortuoso que devemos traçar para crescer interiormente, o local é geralmente usado para meditação e reflexão.

Muito comuns nos Estados Unidos e Europa, os jardins são para contemplação e reúnem a arte da jardinagem com uma rica programação cultural.

Inaugurado em agosto de 2007, o Amantikir contém mais de 700 espécies de plantas harmoniosamente divididas ao longo dos 60.000 m² aberto à visitação durante os 365 dias do ano.

Os 28 jardins mostram através de sua beleza e estilo, um pouco da cultura de cada país.

Entre Araucárias e Manacás da Serra, inúmeras plantas inglesas, americanas e de todo o mundo vivem em harmonia com diversos tipos de pássaros e borboletas.

A natureza se completa no local onde os “jardins falam”, estabelecendo a comunicação do homem com seu meio natural.

Eventos esporádicos, como apresentações musicais e de danças acontecem eventualmente nos jardins do Amantikir.

Amantikir possui uma lenda que é a história de uma bela princesa de uma tribo do povo Tupi, que se apaixonou pelo Sol.

Encantado com a beleza da moça, o guerreiro de coroa de fogo permanecia com suas luzes sobre ela. E como não se deitava não havia noite e a Lua mal aparecia, provocando um interminável dia.

Os pastos se incendiavam, não havia sono e nem sonhos. A Lua sentindo que perdera seu amor, do Sol, para uma mulher, foi contar a Tupã, que com indignação mandou que se levantasse a mais alta montanha.

Ali ficaria confinada a princesa, fora do alcance do Sol. Este sangrou tardes vermelhas e tentou afogar-se no mar.

A princesa chorou rios, minas, nascentes e mananciais de lágrimas. Seu povo então chamou a linda princesa de Amantikir ou Mantiqueira, que significa Serra que Chora.

Outros pontos turísticos de Campos do Jordão:

Baden Baden:

Baden Baden

Baden Baden

Fundada por quatro amigos amantes de uma boa cerveja, a Baden Baden foi criada para ser uma fábrica modelo na produção de cervejas artesanais.

A sede da cervejaria fica em Campos do Jordão, e a visitação na fábrica tem que ser agendada.

A famosa cervejaria é um dos principais pontos turísticos da cidade, e além da fábrica há também um bar no centro da cidade.

Os estilos de cerveja são divididos em duas famílias, denominadas Ale e Lager, a principal diferença entre elas é o tipo de fermentação empregada no processo.

Lá são fabricadas as cervejas: Pilsen Cristal, Golden, Weiss, Bock, 1999, Stout, Red Ale e as Celebration Inverno e a Tripel, essas duas últimas são de uma edição especial.

A Baden Baden é a principal cervejaria artesanal da Serra da Mantiqueira que ao todo fabricam 11 tipos de cervejas.

A  choperia fica localizada na rua principal do Bairro do Capivari. A calçada fica lotada aos fins de semana e temporada de inverno, onde os turistas aproveitam para se reunir.

Parque Estadual de Campos do Jordão (Horto Florestal):

Parque Estadual de Campos do Jordão (Horto Florestal)

Parque Estadual de Campos do Jordão (Horto Florestal)

O Parque Estadual de Campos do Jordão, mais conhecido como Horto Florestal, tem uma área de 28.800 hectares recoberta de Mata Atlântica e de Araucária.

Foram catalogados na região 843 espécies de plantas, sendo a Araucaria a árvore símbolo do Parque.

Estão presentes no local 63 espécies de mamíferos entre eles a onça suçuarana, 165 espécies de aves, 98 espécies da répteis e anfíbios e 9 espécies de peixes.

No local também são desenvolvidos programas relacionados à pesquisa, educação ambiental, recreação e conservação dos recursos naturais, que fazem da presença imponente da Serra da Mantiqueira um local de características muito especiais.

Há também no parque um Posto de Salmonicultura, instalado com a finalidade de criação de trutas para o peixamento constante dos rios e lagos da região.

Alguns dos principais atrativos do parque estão a Serraria movida por uma roda d’agua, Centro de Visitantes, Passeio de Trenzinho na floresta, Lojas de Artesanato, Play Ground, Bosques, Orquidário, Viveiro de mudas, Estação de Psicultura (não aberta ao público), Lago das Carpas, Restaurante, Centro de Exposições e Bosque Vermelho.

O Parque Estadual do Horto Florestal fica aberto diariamente das 9h às 16h.

Museu de Esculturas Felícia Leirner:

Museu de Esculturas Felícia Leirner

Museu de Esculturas Felícia Leirner

O Museu de Esculturas Felícia LeirnerF é ma das atrações mais conhecidas e um dos locais mais bonitos de Campos do Jordão, é um museu a céu aberto que reúne obras da escultora nascida na Polônia e naturalizada brasileira.

São 84 obras, sendo 44 em bronze e 40 em cimento branco, espalhadas em uma bela área verde com 35 mil m² de extensão.

Foi fundado em 1978, e conquistou reconhecimento internacional, expandindo os conceitos da escultura contemporânea brasileira.

Do alto, há uma vista privilegiada para a Pedra do Baú, ornamentada pelas araucárias, além de um palco para apresentações ao ar livre e um mirante.

Mas não é apenas a arte que chama atenção no local. O Museu Felícia Leirner é um dos passeios culturais mais agradáveis para se fazer na cidade, e funciona de terça a domingo, das 9h às 18h.

Palácio Boa Vista:

Palácio Boa Vista

Palácio Boa Vista

O Palácio Boa vista, antiga residência de inverno do governador, é um museu aberto ao público com 3.000 obras artísticas em 35 ambientes e 105 cômodos.

O prédio, inaugurado em 1964,é também palco de exposições periódicas e apresentações culturais.

O palácio conta com esplêndida arquitetura e verdadeiras relíquias da antiguidade. Obras de Tarsila de Amaral, Anita Malfatti, Aldo Bonadei e Di Cavalcanti estão lá expostas.

Representa significativamente as artes plásticas brasileiras da época pré-modernista e da admissão da arte contemporânea no Brasil. Aberto de quarta a domingo e feriados, das 10h às 12h e das 14h às 17h. Entrada franca.

Recomenda-se fazer uma visita guiada gratuita para contemplar os 3.200 m² de construção, divididos em 35 ambientes e 105 cômodos.

Com mobiliários ornamentados datados dos séculos 17, 18, 19 e 20 e uma arquitetura completamente inspirada nos antigos castelos europeus. A visita ao palácio é gratuita.

Pedra do Baú:

Pedra do Baú

Pedra do Baú

A Pedra do Baú é um mirante a partir de uma formação rochosa que está entre as mais conhecidas no Estado de São Paulo.

Está na divisa entre Campos do Jordão com São Bento do Sapucaí, local muito frequentado por quem gosta de esporte de aventura.

É possível saltar de paraglider, escalar seus paredões e seguir trilhas no meio das araucárias.

De seu cume dá para apreciar a vista panorâmica de cidade do Vale do Paraíba e as montanhas da Mantiqueira.

As pedras que formam o complexo do Baú são visitadas por um grande número de turistas e também por escaladores profissionais e amadores.

Durante os meses de maio a setembro a região oferece um clima excelente para a prática da escalada em rocha e uma infinidade de vias.

O acesso por estradas à Pedra do Baú pode ser feito tanto via Campos do Jordão como por São Bento do Sapucaí, sendo o caminho hoje todo pavimentado, à exceção dos últimos 5 km de estrada de terra.

 Mosteiro Beneditino de São João:

Mosteiro Beneditino de São João

Mosteiro Beneditino de São João

O Mosteiro Beneditino de São João está localizado em um bosque perto do Palácio Boa Vista, e é um lugar  com belos lagos, grutas e jardins.

Fundado em 1964, o Mosteiro Beneditino de São João ou como é mais conhecido Mosteiros das Irmãs Beneditinas de Campos do Jordão, trata-se de um recanto de natureza, silêncio e introspecção a poucos metros do centro comercial de Campos do Jordão.

De segunda a sábado as 8h da manhã, e domigos as 7h acontece a Santa Missa, realizada na Capela do Mosteiro que é lindamente trabalhada em carpintaria de alta qualidade.

No mesmo local diariamente as 17h45 acontecem as Orações Vespertinas com Canto Gregoriano entoados pelas freiras.

O local conta com uma lojinha a que comercializa produtos religiosos, livros e artesanato produzidos pelas próprias freiras, além de pães, chocolates. etc.

Há ainda um viveiro de plantas com mudas da região e uma loja, onde estão disponíveis artesanato (Trabalhos em pirogravura, colagem, bloquinhos e cartões com flores desidratadas).

Há também, produtos da Oficina Belém (Pães, bolos, biscoitos e geleias), além de artigos religiosos, livros e pequenas lembranças. Não é preciso pagar para entrar no templo.

Museu Casa da Xilogravura:

Museu Casa da Xilogravura

Museu Casa da Xilogravura

Localizado na Av. Eduardo Moreira da Cruz, número 295, este museu reúne mais de 3.000 obras de arte em estilo xilogravura, ou seja, impressas em papel ou outras texturas a partir de um molde de madeira.

O Museu Casa da Xilogravura de Campos do Jordão é o único espaço no Brasil dedicado a essa técnica. Conta com 30 salas que reúnem em torno de 5 mil obras de 400 artistas diferentes.

O espaço também é usado para promover palestras, encontros, cursos e outros eventos culturais, oferecer atelier xilográfico, oficina tipográfica e biblioteca especializada.

Algumas impressões, entre as vindas de todas as partes do mundo, impressionam tanto pela beleza quanto pela dificuldade de realização ao exigir do artista técnicas de escultura para entalhar o molde e de pintura para escolher as cores. Outro atrativo é a própria sede do museu, uma casa construída em 1928.

A praça ao lado do museu,conta com uma escultura de Felícia Leirner e a igreja Nossa Senhora da Saúde, que deu origem à cidade.

A visita às mais de 30 salas de exposição é gratuita e o museu fica aberto de 5ª a 2ª feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Auditório Cláudio Santoro:

Auditório Cláudio Santoro

Auditório Cláudio Santoro

Parte do Museu Felícia Leirner, o Auditório Cláudio Santoro é o palco principal do Festival de Inverno de Campos do Jordão, o maior evento de música erudita da América Latina, realizado anualmente em julho.

Fica localizado em uma área de 24 alqueires de vegetação nativa e um total de 5.475 m² de área construída.

É um dos principais espaços culturais de Campos do Jordão, contando com apresentações de danças, músicas, congressos e convenções, são 862 assentos, 814 na plateia e 48 no camarote.

O auditório se destaca pela acústica fantástica e pelo belo visual, permitindo a vista para as montanhas durante espetáculos diurnos.

O espaço foi criado para essa finalidade, em 1979, até então o festival, que teve início em 1970, era realizado no Palácio da Boa Vista, que já não comportava o público cada vez maior.

Leia Também:

BÚZIOS – Principais praias e pontos turísticos da cidade

Passagens Aereas Vip

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *