BUENOS AIRES – Conheça os principais pontos turísticos da capital do tango

Buenos Aires:

Buenos Aires é um dos mais importantes destinos turísticos do mundo, é conhecida por sua arquitetura de estilo europeu e por sua rica vida cultural, com a maior concentração de teatros do mundo.

As pessoas nascidas em Buenos Aires são referidas como portenhos (pessoas do porto). A cidade é a terra natal do atual papa, Francisco (ex-arcebispo de Buenos Aires), e de Máxima dos Países Baixos, a atual rainha-consorte da realeza neerlandesa.

A cidade conta com o Aeroporto Internacional de Ezeiza (situado a 35 quilômetros da cidade) e com um aeroporto doméstico, o Aeroparque Jorge Newbery.

É servida pelo terminal rodoviário de Retiro, de onde partem e chegam linhas de ônibus (autocarros) para todas as regiões do país e para cidades do Chile, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Brasil.

Conta ainda com “ferry-boats” que a conectam com as cidades de Colônia do Sacramento e Montevidéu , no vizinho Uruguai.

Fica a 1630 quilômetros ao norte de outro importante destino turístico argentino, a cidade de Bariloche. Os shows de tango são um dos principais atrativos da cidade, até porque constituem uma das características mais afamadas da cultura argentina.

São muitas as casas de espetáculos que apresentam shows variados de dança e música, muito procurados por quem faz turismo na cidade.

Buenos Aires é uma cidade muito rica em cultura e arte, são inúmeros pontos imperdíveis para serem visitados e bairros a serem explorados. Confira todos os principais pontos turísticos da capital da Argentina.

Destaque turístico de Buenos Aires:

Obelisco:

Obelisco - Buenos Aires

Obelisco – Buenos Aires

O Obelisco é um dos principais cartões postais da cidade sendo um monumento histórico de Buenos Aires, e um dos pontos turísticos mais visitados.

Foi inaugurado em 1936, no cruzamento da Avenida 9 de Julio, uma das mais largas avenidas do mundo, e da “Calle” Corrientes, que apesar de ser chamada de calle (rua) é na verdade uma importante avenida de Buenos Aires, onde foi içada pela primeira vez a bandeira nacional.

O Obelisco é também o eixo do chamado Metrobus, sistema de transporte coletivo inaugurado em 2013, que combina ônibus articulados e tradicionais, com uso de faixas exclusivas.

O monumento foi construído como parte das comemorações dos 400 anos da primeira fundação da capital portenha, pelo colonizador espanhol Pedro de Mendoza.

A segunda e definitiva fundação ocorreu em 1580, comandada por Juan de Garay.

Outros atrações turísticas de Buenos Aires:

Casa Rosada:

Casa Rosada

Casa Rosada

Localizada em frente a Plaza de Mayo, na rua Balcarce 50, no centro da cidade, Casa Rosada é a sede da presidência da República Argentina, em Buenos Aires.

O emblemático edifício de cor rosa, foi declarado monumento histórico nacional.

Dentro, abriga ainda o Museu da Casa do Governo, com materiais relacionados aos presidentes do país, reunindo fotografias, pinturas e objetos de distintos períodos históricos do país em um grande e luminoso espaço de restauração e preservação da história nacional. O museu funciona aos sábados e domingos, 10h às 18h, entrada gratuita.

A atual Casa de Governo ocupa hoje o espaço onde antes estava o Forte de Buenos Aires, ainda na época colonial.

Tinha fosso, torre de vigilância e depósito de armas. Passou por reformas que o deixaram mais sólido e seguro e serviu de residência para governadores e vice-reis espanhóis.

Após a independência e algumas outras reformas, recebeu as autoridades dos diferentes governos do país: Juntas, Triunviratos, Diretores Supremos, Governadores de Buenos Aires e o primeiro presidente da Argentina, Bernardino Rivadavia.

Plaza de Mayo:

Plaza de Mayo

Plaza de Mayo

A Plaza de Mayo, (Praça de Maio em português), está localizada no coração de Buenos Aires e é um dos pontos mais importantes para visitar durante uma viagem.

Avenidas importantes da capital iniciam-se a partir da praça e diversas comemorações e protestos também ocorrem em seus arredores, afinal, a praça está na frente da Casa Rosada, que é a sede da presidência da Argentina.

Nessa praça muitas pessoas aproveitam para descansar sob as sombras das árvores, conversar ou ler um livro.

Também acontecem reuniões e protestos das Mães da Plaza de Mayo, que se reúnem para protestar contra a falta de notícias de seus filhos, desaparecidos durante a ditadura militar.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires:

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

A Catedral Metropolitana de Buenos Aires é a mais importante igreja católica da capital argentina, um país onde o catolicismo é muito forte e bastante difundido entre seus moradores.

Era nessa catedral onde o atual Papa Francisco celebrava suas missas antes de ter sido escolhido papa.

O edifício atual da catedral é uma mescla dos estilos neoclássico e rococó, e o lugar abriga o mausoléu do general José de San Martín, libertador argentino.

O exterior da igreja, mais clássico, não revela, mas a parte interior da catedral é rica em detalhes, tem um pé direito bem alto, várias estátuas, altares e imagens sacras.

A Catedral fica na frente da Plaza de Mayo e é um ponto icônico de Buenos Aires, onde religiosos (ou não) gostam muito de visitar.

Palermo:

Palermo

Palermo

Famoso destino turístico, Palermo é o maior e mais badalado bairro para passear em Buenos Aires, assim como um dos melhores para encontrar alojamento na cidade.

Em Palermo, é possível escolher entre apartamentos mobiliados, pousadas, hotéis, hotéis ou apart-hotéis, variando muito estilo e preço.

Palermo é uma parte animada e segura de Buenos Aires, com inúmeras atrações tanto de dia como de noite.

Nesse bairro, pode-se encontrar alguns dos melhores restaurantes da cidade, lojas de grifes da moda, pubs, bares e clubes.

Palermo tem várias subdivisões, como Palermo Soho, Palermo Hollywood, onde todas as empresas de TV, rádio e cinema têm seus estúdios, Palermo Chico, etc.

Caminito:

Caminito

Caminito

Nomeado após um famoso tango composto pelo renomado cantor Carlos Gardel, o Caminito é basicamente um museu do tango ao livre.

Suas ruas de paralelepípedos, casas coloridas e obras de arte originais em todo o bairro formam uma visão incomum, algo que não se vê em nenhum outro lugar do mundo.

A importância cultural do lugar fez de Caminito um centro cultural e turístico em si mesmo. No lugar é comum as pessoas dançarem tango sobre seus paralelepípedos.

Em Caminito tem um mercado artesanal que vende pinturas, souveniers, artesanato, pinturas naif e colagens com imagens do bairro de La Boca.

Restaurantes tradicionais apresentam shows de tango ao vivo, onde dançarinos e músicos mostram seu talento.

Estadio Alberto J. Armando (La Bombonera):

Estadio Alberto J. Armando (La Bombonera)

Estadio Alberto J. Armando (La Bombonera)

Os fanáticos por futebol não devem deixar Buenos Aires sem fazer uma visita a La Bombonera que atrai milhares de argentinos e estrangeiros que vem à capital portenha.

Em dias de jogo, o estádio do Boca Juniors, principal time da Argentina, fica lotado de torcedores, que amam  o futebol assim como os brasileiros.

O estádio fica aberto para os jogos, mas quando eles não são realizados estão disponíveis visitadas guiadas ao estádio e ao seu museu, que tem um acervo interessante para quem gosta de esportes e principalmente de futebol.

Fazendo um tour guiado pelo estádio você passa pela loja do time, pelo vestiário, pela arquibancada, pela sala de imprensa e outros lugares que os jogadores costumam frequentar.

Um fato interessante: O estádio é chamado de La Bombonera devido à sua forma, que lembra uma caixa de chocolates.

Recoleta:

Recoleta

Recoleta

Um dos cartões-postais da cidade, o bairro nobre da Recoleta abriga algumas das principais atrações turísticas de Buenos Aires.

Lá estão a Biblioteca Nacional, o Centro Cultural Recoleta, a Igreja Nuestra Señora de Pilar, o Museu Nacional de Belas Artes (com obras de Picasso, Goya, Renoir, Rodin, Cézanne etc.), a Feira de Artesanato da Plaza Francia (aos domingos), além de parques e cafés dos mais agradáveis.

Mas o destaque, claro, fica para o Cemitério da Recoleta, onde Evita Perón está enterrrada.

Frequentemente listado entre os mais bonitos do mundo, tem nos jardins que o rodeiam uma das área de lazer mais populares entre os portenhos e estrangeiros.

Café Tortoni:

Café Tortoni

Café Tortoni

Uma verdadeira instituição de Buenos Aires, o Café Tortoni, naPlaza de Mayo, é parada obrigatória para um bom café e um pouco da cultura local.

Inaugurado em 1858, já sediou uma associação literária da cidade.

Já foi usado como cenário de muitos filmes, e ainda hoje funciona como um ponto de difusão cultural e turística da capital.

Vale conferir a agenda do local para assistir a uma performance de diferentes artistas de tango e jazz que passam por seus palcos.

Teatro Colón:

Teatro Colón

Teatro Colón

Um dos prédios mais bonitos, imponentes e históricos da cidade, o Teatro Colón é a principal casa de ópera de Buenos Aires.

É considerado um dos cinco melhores teatros do mundo, em termos de acústica.

Os números impressionam: o edifício tem 8.200 metros quadrados, sete andares, um palco com 20 metros de largura e um auditório com capacidade para 2.487 lugares sentados (mais que o Royal Opera House de Londres).

Quem não conseguir ingresso para ver uma ópera ou concerto de música clássica, pode ao menos visitar o pequeno museu situado no lobby. Há ainda visitas guiadas disponíveis em vários idiomas.

Leia Também:

BANGKOK – Conheça os principais pontos turísticos, Hotéis e Restaurantes

Passagens Aereas Vip

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *